sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Alegria e emoção marcam abertura da 65ª edição dos ‘JUBs’, em Goiânia

Jogos Universitários Brasileiros, realizados em Goiânia: dias de muita prática esportiva e emoção – Fotos: Seduce/Divulgação 




















A mistura de sotaques foi predominante no Centro de Excelência do Esporte na noite de 19 de outubro. Cerca de 5 mil atletas de todas as Unidades da Federação participaram da cerimônia de abertura da 65ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), realizados até dia 29 do mesmo mês em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Trindade. A abertura ainda contou com show da dupla sertaneja Israel & Rodolffo.
Governador em exercício, Zé Eliton (PSDB) destacou que Goiás se preparou durante meses para receber as delegações e disse esperar que todos levem um pouco de “goianidade” para casa, compensando o legado que ficará aqui. “O esporte é inspiração para todos os brasileiros e sintetiza um pouco da nossa vida: esforço, dedicação, planejamento e garra. O Brasil está precisando muito disso, e os ‘Jogos Universitários Brasileiros’ mostram que é possível reunir tudo isso”, afirmou.
Em seu discurso, a secretária estadual de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, cumprimentou atletas, comissão técnica, voluntários, árbitros, torcedores e todos os demais presentes dizendo que Goiás os recebem com muito carinho. Também fez questão de destacar três pontos: “Primeiro, a inclusão do taekwondo nos JUBs, atendendo a um pedido dos goianos. Estamos muito orgulhosos. Também quero chamar a atenção para os voluntários, que vieram doar sua competência e energia. Por último, lembrar que esse não é um evento profissional, mas formado essencialmente por estudantes. Levarão para a vida toda competência e habilidade que aprenderam com o desporto”, argumentou.
Esta é a quarta vez que Goiânia recebe os JUBs, maior competição universitária da América Latina. Devido à sua importância, o próprio presidente da Federação Internacional do Esporte Universitário (Fisu), o russo Oleg Matysin, esteve presente na abertura da 65ª edição. Gastou todo seu português para falar da alegria que sentiu ao participar da cerimônia em Goiânia. Na mesma linha, o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Luciano Cabral, elogiou a participação dos 300 voluntários que estão trabalhando nos bastidores e ressaltou, ao exibir a cor de seu uniforme, que os JUBs apoiam o Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama. “Goiás é bom demais”, completou.

Cerimônia emociona público
A entrada das delegações foi como a comemoração de um gol. Cada equipe carregou a bandeira de seu respectivo Estado e, como trilha sonora, os mais diversos gritos de guerra. O ginásio Rio Vermelho ficou lotado de estudantes atletas, que cantaram juntos o Hino Nacional acompanhando a talentosa Elenizia da Mata. Na sequência, os simpáticos mascotes foram apresentados e antecederam o momento mais marcante da noite: o acendimento da tocha.
O som dos tambores gerou certo suspense no ginásio. Era o anúncio dos farricocos, figuras indispensáveis na tradicional procissão de fogaréu da cidade de Goiás. Carregando cada um uma pequena tocha, se enfileiraram em frente ao palco para chamarem atenção para a mais importante da noite. Um robô, com luzes de led refletindo as cores da bandeira do Brasil, fez a transição da chama dos farricocos para o tenista goiano Eduardo Felter. O atleta, que é beneficiado pelos programas de incentivo ao esporte da Seduce, carregou o fogo até o mais alto espaço do ginásio, onde acendeu a pira. Para completar, Lucas Gil, da equipe goiana de vôlei, fez o juramento em nome de todos os demais competidores.
Os JUBs são uma realização da CBDU e da Federação Goiana do Desporto Universitário (FGDU), com apoio do governo federal, por meio do Ministério do Esporte e, do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce).

(Informações: Comunicação Setorial da Seduce)

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Gerente geral da Mineração Maracá é indicado ao prêmio de personalidade do ano pela revista 'Brasil Mineral'

Votação é aberta ao público e está disponível até 20 de outubro no site da revista. Carlos Paraizo: “É uma honra pessoal ser indicado ao prêmio. Porém, acredito que o significado desse reconhecimento é coletivo e diz muito sobre o trabalho sério que a Yamana Gold vem desenvolvendo,​ de forma responsável e sustentável, especialmente na Mineração Maracá” – Foto: Márcia Cristina/Jornal Cidade (19/09/2015)


Pelo segundo ano consecutivo, o gerente geral da Mineração Maracá Indústria e Comércio (MMIC), Carlos Paraizo, foi indicado pela revista Brasil Mineral, uma das principais publicações do setor, para concorrer ao prêmio de personalidade do ano no setor mineral. A iniciativa é uma forma de reconhecer os profissionais que se destacaram em distintas áreas da atividade. Paraizo concorre com outros dois gestores na categoria Metais Preciosos, área de atuação da Yamana Gold.
“É uma honra pessoal ser indicado ao prêmio. Porém, acredito que o significado desse reconhecimento é coletivo e diz muito sobre o trabalho sério que a Yamana Gold vem desenvolvendo,​ de forma responsável e sustentável, especialmente na Mineração Maracá”, avalia Carlos Paraizo.
A votação é aberta ao público e está disponível até 20 de outubro pelo site http://www.brasilmineral.com.br/conteudo/personalidades-do-ano-no-setor-mineral-2017. Ao todo, além de Metais Preciosos, o prêmio Personalidades do Ano no Setor Mineral 2017 possui oito categorias, como Minerais Ferrosos, Exploração Mineral, Engenharia e Tecnologia Mineral e Pioneiros na Mineração.

Sobre a Brasil Mineral
No mercado há mais de 30 anos, a revista é uma das publicações mais respeitadas do setor mineral e é distribuída em todo o território nacional.
Lida por cerca de 30 mil pessoas a cada edição, a revista fala diretamente a quem detém o poder de decisão dentro das empresas do segmento.

(Comunicação)

Uruaçu recebe Justiça Móvel de Trânsito

 Programa Justiça Móvel de Trânsito (JMT): desde 17 de outubro, atendendo a cidade de Uruaçu Fotos: Wagner Soares/CCS do TJGO. Veja mais fotos, abaixo e, em https://www.flickr.com/photos/ccstjgo/

O programa Justiça Móvel de Trânsito (JMT) passou a atender, a partir de 17 de outubro, a cidade de Uruaçu, a quinta do Estado de Goiás a receber o benefício, implantado inicialmente em Goiânia, em dezembro de 2000. A solenidade de instalação foi prestigiada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, que esteve na comarca para acompanhar também a abertura oficial do programa Justiça Ativa, agendado para até dia 20 [na noite de 16 de outubro, o desembargador recebeu o Título de Cidadão Uruaçuense. Veja abaixo].
Com a iniciativa, motoristas da cidade que se envolverem em acidentes de trânsito sem vítimas, podem acionar a equipe, que irá imediatamente ao local do sinistro para tentar promover a conciliação imediata ou, caso não são seja possível acordo, recolher provas para instrução de processo. O Município conta com frota de aproximadamente 26 mil veículos.
Em Uruaçu, a Justiça Móvel de Trânsito atende, inicialmente, das 8h às 17h. Uma vez feita a filtragem do chamado pela telefonista, a equipe, que é formada pelo condutor Marcos Teles Reis e pela conciliadora Laynner Tavares de Oliveira, se desloca até o local do acidente. O atendimento é feito dentro de uma Van Sprinter do TJGO, equipada com bancos, mesas, computadores, impressoras e câmaras fotográficas. Também conta com o apoio de um técnico da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT).
Uma vez no local do acidente, a ideia é tentar a conciliação entre as partes envolvidas. Havendo o acordo, é lavrado um temo de conciliação, o qual é levado para a homologação de um juiz vinculado ao Juizado Especial Cível, pondo-se fim ao conflito.
Nos casos onde não se chega a um acordo, o conciliador colhe provas (fotográficas, documentais e testemunhais) e encaminha as partes para nova audiência conciliatória a ser realizada em um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). Todo o procedimento segue diretrizes traçadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da resolução número 125/10, que tem por objetivo a resolução dos conflitos pela via não adversarial, ou seja, a via do acordo (conciliação). Somente após esgotada a segunda tentativa de acordo (audiência conciliatória no Cejusc), as partes são orientadas juridicamente para, no caso queiram, buscar a tutela jurisdicional por meio de ação própria, preferencialmente em sede de Juizado especial cível. A Justiça Móvel de Trânsito em Uruaçu atende pelos telefones (62) 3357-5284 e (62) 99228-3738.

Quase 100 mil atendimentos
Desde sua implantação, há 17 anos, o Justiça Móvel de Trânsito já efetivou na capital e no interior, 96 mil atendimentos. Deste total, 89% firmaram acordo, informou o coordenador do JMT no Estado, José Simões de Lima Júnior. O JMT já foi implantado em comarcas do interior em parceria com o Poder Executivo Municipal de Anápolis, Itumbiara e Goianésia. A primeira, conta com duas vans, enquanto as duas últimas, com um veículo.
Em Goiânia, a Justiça Móvel de Trânsito tem oito equipes, distribuídas em quatro vans. Segundo Lima Júnior, já somam mais de 60 mil atendimentos desde a sua implantação, com índice médio de 85% de acordos. Por dia, de segunda a sexta-feira, em horário forense, o JMT atende na capital, cerca de 35 acidentes.
A solenidade de instalação do programa em Uruaçu foi conduzida pela diretora do Foro da comarca, juíza Geovana Mendes Baía Moisés, e acompanhada pela juíza substituta em segundo grau Doraci Lamar Rosa da Silva Andrade, coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJGO (Nupemec), responsável pelo JMT. Pelo TJGO, o juiz auxiliar da Presidência, Ronnie Paes Sandre; assessor Militar, coronel Wellington de Urzeda Mota; e o diretor do Centro de Saúde, Ricardo Paes Sandre, além do prefeito da cidade, Valmir Pedro Tereza.
Também marcaram presença, o presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), juiz Wilton Müller Salomão, servidores e juízes que integram o programa Justiça Ativa (outro benefício do TJGO), que apresentou previsão, para os quatro dias do mutirão, a realização de 467 audiências cíveis e criminais.

Justiça Ativa, um outro benefício do TJGO: entre 17 e 20 de outubro em Uruaçu

LEIA TAMBÉM: Gilberto Marques Filho recebe o Título de Cidadão Uruaçuense > http://www.tjgo.jus.br/index.php/home/imprensa/noticias/161-destaque1/16484-gilberto-marques-filho-recebe-o-titulo-de-cidadao-de-uruacu

(Informações, sob adaptações: Centro de Comunicação Social do TJGO – Lílian de França)

‘TeNpo 2017’ abre inscrição para espetáculos regionais

 Quatro dias de cultura pura. 16 a 19 de novembro, em Porangatu – Fotos: Flávio Isaac/Divulgação



A Mostra Nacional de Teatro de Porangatu (TeNpo 2017) abre a partir de 18 de outubro, as inscrições para espetáculos regionais. Os artistas e grupos interessados podem se inscrever até o dia 25 de outubro, exclusivamente via ficha eletrônica disponível no site do evento – tenpo.art.br. O resultado da seleção será divulgado dia 30 de novembro.
O evento está agendado para o período 16 a 19 de novembro, em Porangatu. Os espetáculos regionais vão compor a programação oficial da Mostra, que selecionará oito espetáculos, sendo três infantis, um espetáculo de rua e quatro espetáculos adultos ou de tema livre. O cachê para cada selecionado será de R$7 mil, com desconto de impostos. Dentre as oito vagas, uma é destinada a artistas ou grupos da região Norte de Goiás e outra é destinada à cidade de Porangatu. Para as outras seis vagas, podem concorrer artistas ou grupos de qualquer região de Goiás.
De acordo com o regulamento, as apresentações serão realizadas no teatro do Centro Cultural da cidade ou no Teatrão, local que será montado especialmente para o evento. Na inscrição, os artistas devem inserir dados pessoais e do espetáculo, com material específico como fotos, vídeos e releases.

Curadoria
Os artistas e grupos serão selecionados por uma curadoria composta por sete membros; quatro indicados pela Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) e pelo Conselho Estadual de Cultura e três indicados por entidades representativas do Teatro em Goiás.
As apresentações acontecerão entre os dias 16 a 19 de novembro de 2017 na cidade de Porangatu, dentro da programação oficial da Mostra. As datas e os horários da apresentação dos espetáculos serão definidos pela organização do TeNpo 2017.
O acontecimento é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Seduce. Toda a programação é gratuita e a entrada obedece a classificação indicativa de cada espetáculo.

(Informações: Comunicação Setorial da Seduce)

Presidente do Tribunal de Justiça recebe ‘Título de Cidadão Uruaçuense’

Desembargador Gilberto Marques Filho (centro) com os 13 parlamentares uruaçuenses – Fotos: ASCOM/Prefeitura de Uruaçu 

Homenageado (esq.) na sessão dirigida pelo presidente Sil (PSDB). Também na mesa, o prefeito Valmir Pedro (dir.) 

Momento da entrega da honraria legislativa 

Gilberto Marques Filho: Título de Cidadania 

O novo cidadão uruaçuense e, o casal Anne Lígia/Valmir Pedro (primeira-dama/prefeito)


Durante sessão da Câmara Municipal de Uruaçu realizada na noite de 16 de outubro, o desembargador Gilberto Marques Filho, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), foi agraciado com o Título de Cidadão Uruaçuense, concedido pelo Poder Legislativo da cidade nortense.
Os 13 vereadores participaram da sessão, além do prefeito Valmir Pedro (PSDB), dos magistrados e promotores da comarca local e de várias autoridades e personalidades, mais profissionais da área do Direito e populares.

Abertura e lançamento
Às 8h deste dia 17, Gilberto Marques Filho participará da abertura do programa Justiça Ativa, idealizado para ocorrer no período de 16 a 19 de outubro na comarca.
Para as 10h, está agendado o lançamento do programa Justiça Móvel. Os dois eventos se realizarão na sede do Fórum, no setor Aeroporto.

(Jota Marcelo)

sábado, 14 de outubro de 2017

Doutor Wagner Camapum agora é do PSDB de Uruaçu

Doutor Wagner Camapum, ladeado por Mauri Lemes (presidente) e Valmir Pedro (prefeito): nova conquista do PSDB de Uruaçu – Foto: Moacir Galdino/PSDB

Wagner Paes Camapum, engenheiro civil, hoje assessorando o prefeito Valmir Pedro, em seu gabinete e na engenharia, filiou-se ao PSDB de Uruaçu. Doutor Wagner Camapum, na década de 1980 era o elo político principal de Marconi Perillo e Henrique Santillo em Uruaçu. Principalmente do PMDB Jovem. Representava o então Centro-Norte goiano e, fazia o mesmo papel que Valmir desempenhou antes da eleição a prefeito, em 2016.
Antes não filiou ao partido de Marconi porque sempre quis ter uma sigla nas mãos à disposição do governador ou do prefeito indicado por ele. Fiel e dedicado, jamais deixou de estar na base do hoje governador de Goiás em quarto mandato. Isso ele dizia sempre quando alguém o convidava para filiar ao partido do governador.

Para homenagear
Mas, devido a amizade, a convivência intensa com Marconi Perillo, não precisava filiar na sigla do governador para receber respeito e consideração. Agora, nesta oportunidade, doutor Wagner Camapum filiou-se ao PSDB para homenagear o amigo governador Marconi Perillo, o seu prefeito Valmir Pedro e o presidente do PSDB de Uruaçu, Mauri Lemes.
Segundo o engenheiro civil, Mauri Lemes é presidente dedicado, competente e grande colaborador das conquistas do PSDB uruaçuense. Sobre Valmir Pedro, após anos de intensa convivência, luta, derrota e vitória, ele fala à comunidade uruaçuense que o prefeito está só começando a Administração, porém, baseando na serenidade, competência, no amor à cidade, respeito ao povo, sabedoria político-social, conhecimento familiar com gestores políticos de Goiânia e Brasília, que ele vem comandando bem a Prefeitura.
“Todo o povo vai ganhar muito”, diz o engenheiro civil, afirmando que o prefeito do PSDB surpreenderá muito mais. “Aguardem! O Valmir Pedro, com essa Administração que enche os olhos e alegra o povo, tenho certeza, é o modelo de prefeito que todos partidos queriam para Uruaçu”, comenta o também conselheiro político doutor Wagner Camapum.

(Da Redação)

Reserve agora - Caldas Apartamentos


sexta-feira, 13 de outubro de 2017

A 'Sexta-Feira 13' de Caiado. Acidente

Foto: Márcia Cristina/Jornal Cidade (Aquivo)


Sexta-Feira 13 do senador Ronaldo Caiado, presidente estadual do Democratas em Goiás: ele sofreu acidente na zona rural. Confira informações de minutos atrás:



(Jota Marcelo)

Casal Anne Lígia/Valmir Pedro e a alegria em função do bebê José Pedro

Casal número um de Uruaçu, Anne Lígia Tereza/Valmir Pedro está contente e agradecido, na expectativa da chegada do bebê José Pedro, homenagem ao avô paterno. A primeira-dama da cidade nortense parte para o quinto mês de gestação.
Em pouco tempo, quem comandará tudo será o José Pedro, algo que hoje está a cargo da irmãzinha Amandha.
Dialogando com os editores do Jornal CidadeAnne Lígia comentou, em 9 de outubro (data da foto que ilustra esta publicação), a representatividade do nome José no contexto geral da humanidade. Religiosa, a primeira-dama destacou também a força do nome José na história da religião mundial.
Nas últimas horas, as famílias dos casais Anne Lígia Tereza/Valmir Pedro e Solange/João Bertulino foram, indevidamente, envolvidas em publicações distintas de redes sociais. Solange Bertulino administrou Uruaçu no mandato 2013-2016.
Solange e João (pertencentes à Igreja Católica) e Anne Lígia e Valmir (integrantes da Igreja do Evangelho Quadrangular [IEQ]) permanecem orando para os que tentam denegrir suas imagens.

(Jota Marcelo. FotoMárcia Cristina)

Professora Raquel Teixeira ministra aula para homenagear crianças e professores

A exposição da professora-secretária Raquel Teixeira foi centrada na interpretação de texto e na importância da linguagem para o desenvolvimento da humanidade – Fotos: Divulgação/Seduce 

Raquel Teixeira destacou o comprometimento dos docentes para com a educação no Estado de Goiás. “Eu deixo aqui o meu respeito, admiração, carinho e o meu compromisso para eles” 

“O ser humano nasce programado para falar e aprender a se expressar, e há várias formas de se expressar”, salienta a professora Raquel Teixeira 

“Nós vivemos em um mundo muito complexo e nós temos que aprender a interpretar tudo o que está à nossa volta”, disse aos alunos 

“Eu penso que o papel do professor é criar situações de estímulo e inspiração para o aluno ir atrás do aprendizado. Ninguém aprende por ninguém”, especifica Raquel 

Aula e momentos especiais no Colégio Estadual Francisco Maria Dantas, situado no setor Mansões Paraíso, região Noroeste de Goiânia


Para celebrar o Dia das Crianças e o Dia dos Professores, a secretária de Educação, Cultura e Esporte, professora Raquel Teixeira, ministrou uma aula de português para os alunos do 5º Ano do ensino fundamental do Colégio Estadual Francisco Maria Dantas, no setor Mansões Paraíso, na região Noroeste de Goiânia. A exposição da secretária foi centrada na interpretação de texto e na importância da linguagem para o desenvolvimento da humanidade.
A turma, formada por 42 alunos, recebeu a professora Raquel Teixeira com calorosa saudação de “boa tarde!”. Ela iniciou a aula contando a história de Sherazade, do livro As Mil e Uma Noites, em que a personagem utiliza a contação de histórias para induzir o sultão da Pérsia – atual Irã –, a interromper uma sequência de casamentos, seguidos de mortes das noivas.
A narrativa do livro foi o exemplo utilizado pela auxiliar do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), para demonstrar como a linguagem é uma ferramenta de transformação da realidade. Durante a aula, ela lembrou que a linguagem é o grande diferencial da espécie humana para as demais. “O ser humano nasce programado para falar e aprender a se expressar, e há várias formas de se expressar”, pontuou.
Em seguida os alunos, qualificados como “lindos, participativos e inteligentes”, pela professora, foram convidados a fazer um exercício de interpretação de texto baseado em uma tirinha de quadrinhos. As várias formas de expressão não verbais fazem parte da programação de conteúdos do quarto bimestre da disciplina de português da turma. Enquanto os alunos respondiam ao exercício de interpretação de texto, muitos deles tiveram dúvidas que foram sanadas pela professora Raquel ao passar de carteira em carteira conforme os dedinhos eram erguidos pedindo sua presença.
Após o exercício, a secretária conduziu uma discussão sobre o exercício que estimulava os meninos e meninas a interpretarem a história contada nos quadrinhos. Além de suscitar a percepção de tópicos como expressão facial, desenhos, charges e outros, a professora assinalou aspectos socioemocionais implícitos na história como persistência, capacidade de análise, disciplina e foco.
“Eu queria que eles entendessem a importância da linguagem bem estruturada, bem compreendida, com pontos de suspense, ironia e interpretação, o que eles teriam de aprender aqui hoje, com a interpretação de texto e quadrinhos. Eu acredito que eles gostaram da história de Sherazade”, afirmou Raquel Teixeira.
A professora ainda fez questão de destacar que, embora a interpretação de texto seja algo pessoal, caracterizado pelas experiências de cada um, a mensagem é a mesma. “Nós vivemos em um mundo muito complexo e nós temos que aprender a interpretar tudo o que está à nossa volta”, disse aos alunos.
Para finalizar a aula, ela ainda compartilhou experiências pessoais como uma viagem que fez ao deserto do Atacama, no Chile. A história foi utilizada para demonstrar a conexão entre um dos quadrinhos, que mostrava uma bela flor em um ambiente inóspito, e as flores que resistem à aridez do local visitado pela professora. Os meninos e meninas também posaram para várias selfies ao lado da secretária, entre beijos e abraços.

Papel do professor
Raquel Teixeira, que é doutora em linguística, iniciou a carreira na educação como professora. Na vivência desta quarta-feira 11 de outubro, ela reforçou que a atividade fora de sua rotina tradicional tem um simbolismo enorme, de reforçar o quanto o professor é importante para o processo de ensino-aprendizagem.
“Eu penso que o papel do professor é criar situações de estímulo e inspiração para o aluno ir atrás do aprendizado. Ninguém aprende por ninguém. Por mais que uma mãe queira, ela não aprende análise sintática pelo filho. Por mais que o professor queira, ele não aprende pelo aluno. O papel do professor hoje é um pouco isso, e é o que eu tentei fazer: criar situações de estímulo”, resumiu.

Vídeo da aula
No domingo 15, o site da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) e as redes sociais da Secretaria exibirão um vídeo gravado pela secretária Raquel Teixeira em homenagem aos professores. Em um dos trechos, ela destacou o comprometimento dos docentes para com o setor educacional no Estado de Goiás. “Eu deixo aqui o meu respeito, admiração, carinho e o meu compromisso para eles”, reconheceu.
Esse momento da professora com os alunos no Colégio Estadual Francisco Maria Dantas foi organizado pelos professores Marcelo Oliveira, coordenador regional de Goiânia, Luciana Gonçalves de Carvalho, diretora da unidade, Cleudes Custódio Ludoíno, coordenadora pedagógica, Rosimara da Silva Bento, professora da turma e, João Luís Correa Batista, assessor da Seduce.

(Informações: Comunicação Setorial da Seduce)

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

‘DIA DAS CRIANÇAS’ / Deputada federal Flávia Morais (PDT-GO)


Em nota, Governo de Goiás esclarece e detalha aplicação de recursos da Celg D em obras da Saúde

[Clique na imagem para ampliá-la

Em comunicado publicado nos jornais de circulação diária de Goiânia, administração estadual afirma que ‘em momento algum as obras da Saúde incluídas na relação de prioridades dos investimentos com a receita da privatização da Celg D foram excluídas da execução orçamentária’. Publicação apresenta Documento de Empenho e Relatório de Execução de Obras da Secretaria de Estado da Saúde com os valores já pagos, empenhados e a pagar de cada obra.

No comunicado publicado em 12 de outubro, é detalhada a execução orçamentária das obras de infraestrutura da Saúde em execução com recursos da receita da privatização da Celg Distribuição. A nota apresenta o Documento de Empenho e o Relatório de Execução, com os valores já pagos, empenhados e a faturar das obras da Secretaria de Estado da Saúde, realizadas pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop).
A relação de obras de infraestrutura social e econômica a serem executadas com os recursos da privatização da Celg Distribuição consta de Decreto Numerado assinado pelo governador Marconi Perillo publicado em março deste ano. Da relação constam obras prioritárias de rodovias, aeródromos e unidades hospitalares incluídas em abril no programa Goiás na Frente. Os R$850 milhões da receita da privatização da companhia de energia compõem o orçamento público estadual do programa, no valor total de R$6 bilhões, com execução programada para 2017 e 2018.
‘Diante das informações e notícias equivocadas acerca da aplicação dos recursos públicos oriundos da receita da privatização da Celg Distribuição, o Governo de Goiás vem esclarecer que em momento algum as obras da Saúde incluídas na relação de prioridades dos investimentos com a receita da privatização foram excluídas da execução orçamentária’, afirma o comunicado. ‘Comprovam isso o Documento de Empenho e o Relatório de Execução de Obras da Secretaria de Estado da Saúde (SES), sob a responsabilidade, respectivamente, da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Segplan) e da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop)’, afirma o texto.
O comunicado diz ainda que ‘o Documento de Empenho da Segplan mostra que as Obras da Secretaria da Saúde têm saldo empenhado total, até o momento, de R$192.184.577,08, dos quais já foram pagos R$77.785.515,08’ e que ‘o Relatório de Execução de Obras da Agetop mostra, por sua vez, que dos R$288.731.817,64 em investimentos programados para as obras prioritárias, já foram pagos R$89.908.010,93’. Segundo a nota, o extrato do relatório mostra que ‘foram faturados e ainda não pagos R$8.955.914,78, e restam a faturar R$189.867.891,83’.
A nota diz ainda que ‘o Governo de Goiás não registrou nenhuma manifestação ou protesto de qualquer prefeito do Estado como resultado dos equívocos de apresentação das informações sobre a edição dos decretos’. O texto observa que ‘os prefeitos são sabedores do compromisso desta administração com a Saúde Pública Estadual, evidenciada pela excelência do atendimento de nossas 17 unidades hospitalares, mesmo padrão que será implantado nos Credeqs, nos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) e nos Hospitais Regionais em Construção com recursos da privatização da Celg Distribuição’.
A gestão estadual concluiu o comunicado (na íntegra, abaixo e na ilustração [acima]) afirmando que ‘lamenta o equívoco das informações veiculadas e se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos’. O comunicado do Governo de Goiás traz o último Decreto Numerado sobre a aplicação dos recursos, o Documento de Empenho da Secretaria de Estado de Gestão Planejamento e o Relatório de Execução de Obras da Agetop:

COMUNICADO DO GOVERNO DE GOIÁS
Diante das informações e notícias equivocadas acerca da aplicação dos recursos públicos oriundos da receita da privatização da Celg Distribuição, o Governo de Goiás vem esclarecer que:
1 – Em momento algum as obras da Saúde incluídas na relação de prioridades dos investimentos com a receita da privatização foram excluídas da execução orçamentária. Comprovam isso o Documento de Empenho e o Relatório de Execução de Obras da Secretaria de Estado da Saúde (SES), sob a responsabilidade, respectivamente, da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Segplan) e da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop).
2 – O Documento de Empenho da Segplan mostra que as Obras da Secretaria da Saúde têm saldo empenhado total, até o momento, de R$ 192.184.577,85, dos quais já foram pagos R$ 77.785.515,08.
3 – O Relatório de Execução de Obras da Agetop mostra, por sua vez, que dos R$ 288.731.817,54 em investimentos programados para as obras prioritárias, já foram pagos R$ 89.908.010,93; foram faturados e ainda não pagos R$ 8.955.914,78, e restam a faturar R$ 189.867.891,83. Portanto, os recursos oriundos da privatização da Celg D são perfeitamente suficientes para a conclusão dessas obras.
4 – O Governo de Goiás não registrou nenhuma manifestação ou protesto de qualquer prefeito do Estado como resultado dos equívocos de apresentação das informações sobre a edição dos decretos. Os prefeitos são sabedores do compromisso desta administração com a Saúde Pública Estadual, evidenciada pela excelência do atendimento de nossas 17 unidades hospitalares, mesmo padrão que será implantado nos Credeqs, nos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) e nos Hospitais Regionais em Construção com recursos da privatização da Celg Distribuição.
5 – Para que não restem dúvidas e para mais uma vez reafirmar seu compromisso histórico e cidadão com a Saúde Pública Estadual, o Governo de Goiás publicou, na edição da última terça-feira, 10 de outubro de 2017, o Decreto Numerado 9.066, que detalha e clarifica os valores da receita da privatização da Celg D a serem aplicados nas obras da SES, executadas pela Agetop.
6 – O Governo de Goiás lamenta o equívoco das informações veiculadas e se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Goiânia (GO), 12 de outubro de 2017.
GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS

(Informações: Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás)

Pensou construir?...


Kamilla Santana (Goiânia-GO)


quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Raquel Teixeira inaugura obras, visita projeto, entrega benefícios e anuncia criação de Fundo Estadual de Educação Infantil e mestrado profissionalizante para educadores

Reinauguração do auditório do NTE Uruaçu – Fotos: Márcia Cristina/Jornal Cidade 

Auditório tem o nome da saudosa professora Lydia Poleck (quadro com foto dela está no alto da parede) 

Na solenidade, secretária Raquel Teixeira referenciou a história de vida da saudosa Lydia Poleck (uma visionária) e, chamou atenção para mudanças/transformações no campo profissional (além de outras) em rápido espaço do tempo 

Nilde Alves, coordenadora regional de Educação de Uruaçu, ajudou relembrar trajetória de Lydia Poleck e agradeceu dedicação de Raquel Teixeira 

 Prefeito uruaçuense Valmir Pedro valoriza área educacional e o trabalho de Raquel Teixeira

Deputado estadual Júlio da Retífica: apoio para a Educação nortense 

NTE: nova etapa do auditório 

 Raquel Teixeira anunciou várias portarias autorizando reformas em unidades de ensino de diferentes cidades da região. Recursos nas contas

Oração, com Padre Crésio Rodrigues, que também é secretário municipal de Assistência Social uruaçuense 

Coordenadoras regionais Nilde Alves e (Uruaçu) Márcia Fernandes Teixeira e Silva (Rubiataba) com Raquel Teixeira 

Raquel Teixeira e Lucimar Borges, diretora do NTE 

Júlio da Retífica, Valmir Pedro e Raquel Teixeira em Uruaçu 

Raquel Teixeira, Sinvaline Pinheiro (coordenadora-geral do Memorial Serra da Mesa [sediado em Uruaçu]) e Nilde Alves 

De Mauri Lemes, presente em Uruaçu e Campinorte: “Educação é algo fundamental em nossas vidas e o Governo de Goiás está empenhado em melhorar cada vez mais esse segmento, investindo na boa formação” 

Campinorte: idealização se torna realidade, com a cobertura da quadra do Colégio Estadual Arapoema Meireles

Investimento foi da ordem de R$271,5 mil  

Em Campinorte, Raquel Teixeira entregou kits esportivos 

Nilde Alves, gestora colegial Maria do Socorro e Raquel Teixeira 

Júlio da Retífica, ao discursar em Campinorte 

Presidente da Câmara campinortense, vereador Lução enaltece o trabalho da Seduce 

Momento cívico em Campinorte 

Kawan Peres, interpretando a música Aquarela (cantada por Toquinho), com acompanhamento do pai Tiago (da dupla Diego Peres & Tiago). No discurso, a gestora Maria do Socorro associou a canção ao espaço esportivo – agora coberto –, destacando: “Significa liberdade” – Foto: Jota Marcelo/Jornal Cidade 

Secretária Raquel Teixeira: preparativos e... – Foto: Divulgação/Seduce 

...E, o pontapé oficial na quadra agora coberta. Detalhe: chuteiras com saltos – Foto: Divulgação/Seduce 

Satisfação geral: investimento para alunado 

 Raquel Teixeira, sempre atenciosa, saudou...

E, dialogou, brincou, foi fotografada muito 

Cobertura de quadras: investimento da Seduce... 

...Que continuará em 2018 – Foto: Mônica Salvador/Seduce 

Nordeste goiano: Raquel Teixeira se reuniu com educadores locais e outros profissionais do projeto Alto Paraíso: Território do Bem Viver – Foto: Mônica Salvador/Seduce

Medidas foram anunciadas por secretária estadual durante estadas no Norte e Nordeste de Goiás, visitando Uruaçu, Campinorte e Alto Paraíso de Goiás.

Em 10 de outubro, a secretária de estado da Educação, Cultura e Esporte de Goiás, Raquel Teixeira, dedicou o dia a três Municípios. Pela manhã, esteve em Uruaçu e Campinorte (ambas do Norte) e, à tarde, em Alto Paraíso, situada no Nordeste goiano.
Em Uruaçu, ao lado do deputado estadual Júlio da Retífica (PSDB) e de diversas autoridades locais, a auxiliar do governador Marconi Perillo (PSDB) participou da solenidade de reinauguração do auditório do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE).
O espaço recebeu o nome da professora Lydia Poleck como forma de homenagear uma das educadoras da rede pública estadual que tanto contribuíram para garantir avanços e melhorias ao ensino aprendizagem. Para a secretária, a homenagem foi mais do que justa, pois se trata de uma pessoa que dedicou a maior parte de sua vida em prol da área educacional pública de Goiás. “Lydia foi uma grande amiga e parceira. Ela procurava sempre se antecipar ao futuro e uma das muitas contribuições que deu foi na área de educação à distância, que permitiu a formação contínua de milhares de professores”, disse ao discursar e em entrevista.
Durante a solenidade, Raquel Teixeira assinou diversas portarias autorizando reformas nos Colégios Estaduais Dr. Francisco Antônio de Azevedo, no valor de R$74.343,40, Dom Prada (R$130.819,43), Bernardo Sayão (R$27.489,76), Aeroporto (R$150.000,00), além da Escola Estadual José Feliciano Ferreira (R$150.000,00 mil), em Mara Rosa. O valor total destinado às obras foi de R$669.902,07.
Raquel também anunciou a criação de um curso de mestrado profissionalizante que será ofertado, a partir de 2018, aos profissionais da rede estadual. Segundo ela, serão três áreas de formação: gestores escolares, gestores educacionais e professores. O curso será realizado em parceria com a Universidade Estadual de Goiás (UEG) e, a Fundação Getulio Vargas (FGV), do Rio de Janeiro.
A reinauguração do auditório do NTE uruaçuense também contou com as presenças da coordenadora regional de Educação de Uruaçu, Nilde Alves (e da coordenadora regional de Rubiataba, Márcia Fernandes Teixeira e Silva); diretora do NTE, Lucimar Borges; do prefeito Valmir Pedro (PSDB); do vice-prefeito doutor Juarez Lourindo (PSB); da secretária municipal da Educação local, Claudinea Teodoro; de vereadores (Maria Abadia [Bia {PSDB}] representou a Câmara Municipal); Mauri Lemes, presidente do PSDB de Uruaçu; José Varlei Vilela (Tenente-coronel Vilela), subcomandante do 14º Batalhão de Polícia Militar (14º BPM), sediado em Uruaçu; Ary Bernardo Dutra dos Santos (Capitão Dutra), comandante da Companhia Independente Bombeiro Militar de Uruaçu; profissionais da Educação; entre outras lideranças.
Segundo Mauri Lemes, falando ao Jornal Cidade, a “Educação é algo fundamental em nossas vidas e o Governo de Goiás está empenhado em melhorar cada vez mais esse segmento, investindo na boa formação. Hoje estamos vendo excelente exemplo disso, inclusive com anúncio de mais investimentos”.

Quadra esportiva
Em Campinorte, além de destinar recursos para a reforma do Colégio Estadual Marcionílio Francisco Mendonça, no valor de R$49.824,65, Raquel Teixeira também inaugurou a quadra de esportes do Colégio Estadual Arapoema Meireles e entregou diversos kits esportivos, incluindo bolas, camisetas, redes, entre outros. A instituição funciona nos três turnos e atende 497 alunos do 6º ao 9º Anos do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) Ensino Médio.
Além de Raquel Teixeira, Nilde Alves e da gestora colegial Maria do Socorro Gomes da Silva, participaram também da cerimônia campinortense: Júlio da Retífica, Valmir Pedro, Tenente-coronel Vilela e Mauri Lemes. E, Cássia Regina Seabra Tristão, gerente de Desporto Educacional, representando Maurício Roriz dos Santos, superintendente de Desporto Educacional; o coordenador regional de Porangatu, Júnior Borges; Agnaldo Ávila (Pereira {PSDC}), vice-prefeito anfitrião; secretária municipal da Educação Eliane Simão da Silva; Lução (PSDB), presidente da Câmara Municipal e, outros vereadores; lideranças de diversas áreas; e, profissionais da área.
A secretária também lembrou os esforços que o governador tem feito para manter o Estado em ritmo acelerado de crescimento quando a realidade nacional não se mostra nada favorável economicamente. Ressaltou ainda que a liberação de verbas para a reforma das unidades integra o programa Goiás na Frente, que está destinando R$510 milhões para as áreas educacional, cultural e esportiva. Conforme ela, a meta do Governo de Goiás, até o final de 2018, é concluir 63 Escolas Padrão Século 21 e 75 quadras poliesportivas, além de construir outras setenta e uma quadras. Até 2019, serão destinados cerca de R$300 milhões para a reforma das unidades de ensino da rede.
“Eu quero agradecer todo o emprenho do Governo de Goiás, com a Seduce, que atendeu grande anseio de nós, de Campinorte: a cobertura dessa quadra, em um colégio muito importante. Bem-vinda ao Norte e obrigado Raquel Teixeira, governador Marconi Perillo, deputado Júlio da Retífica e todos que ajudaram nesse projeto”. Palavras de Lução ao Jornal Cidade.

Cidade do ‘Bem Viver’
Já em Alto Paraíso de Goiás, Raquel Teixeira visitou a futura sede do Ipê Artes, que será construída numa área doada pela Prefeitura, e depois se reuniu com educadores locais e outros profissionais envolvidos no projeto Alto Paraíso: Território do Bem Viver, coordenado pelo Instituto de Pesquisa, Ensino e Extensão em Arte Educação e Tecnologia Sustentáveis (Ipê Artes), vinculado à Seduce.
A proposta do encontro foi avaliar o primeiro ano de existência da iniciativa, ouvir sugestões, trocar ideias e discutir propostas e caminhos com foco na agenda da Organização das Nações Unidas (ONU), que traçou os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), metas que devem ser alcançadas em todo o mundo até 2030.
Embora a educação infantil não seja de responsabilidade do Estado, Raquel Teixeira fez questão de destacar que o Governo de Goiás se mostra totalmente comprometido com os avanços e melhorias no ensino público e por isso, além do substancial apoio financeiro dado aos Municípios, encaminhou projeto de lei para a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás propondo a criação do Fundo Estadual da Educação Infantil. “Nossa proposta é instituir uma rede integrada de educação pública semelhante ao Sistema Único de Saúde [SUS]”, explicou a secretária.
Além dos educadores, o encontro contou com as presenças da coordenadora regional de Educação, Rosilda Agustinho Pereira da Silva; superintendente de Ensino Médio, João Batista Peres Júnior; chefe do Núcleo de Apoio às Regionais da Seduce, Zenilde Maria Teixeira; Luz Marina de Alcântara, diretora do Centro de Estudos e Pesquisa Ciranda da Arte e coordenadora geral do projeto Ipê Artes; e, da secretária municipal da Educação, Lícia Mary Oliveira dos Santos.

(Informações [Com Redação]: Comunicação Setorial da Seduce. Em outra postagem, o Jornal Cidade publica mais informações [e depoimentos] sobre a visitação da secretária Raquel Teixeira ao Norte e ao Nordeste goianos)